A farsa do MEI - Microemprendedor individual

A farsa do MEI - Microemprendedor individual


O MEI, microempreendedor individual, está sendo vendido como uma maravilha!

E talvez até seja, mas a base da pirâmide não funciona.

TODOS que se aventuram a se cadastrar no sistema, acabam percebendo, mais cedo ou mais tarde, que a maravilha não existe.

A começar pelo processo de cadastramento.

Foi criado sob a ótica de burocratas, não sob a ótica do cidadão.

É confuso, cheio de palavras , expressões e siglas inimagináveis para a população em geral.

As vantagens?

A maioria delas não são exatamente como está descrito no portal do empreendedor. Se são, o são lá, onde foram elaboradas, não nos municípios, onde em geral, a incompetência impera. Brasileiro definitivamente não é bom eleitor.

"Acesso a serviços bancários, inclusive crédito." NEM PENSAR. 

Liguei em dois bancos, na Caixa e Banco do Brasil e NADA do que está escrito, inclusive no site dos próprios bancos, é verdade.

Ausência de burocracia? NEM PENSAR. Você não consegue terminar o processo sem precisar de um contador.





NÃO CAIA NESSA DE MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL.

SE QUISER CAIR, em nome da "inclusão" (de quem?) faça um bom levantamento antes, ligue nos bancos, ligue para algum contador de sua confiança, ligue na prefeitura (eles não saberão nada), ligue no SEBRAE....

Todos os contadores com que falei, tem a mesma opnião sobre o MEI: O Governo Federal quis "incluir" (leia-se laçar), os que não contribuem e que um dia se aposentarão de qualquer forma.

Todos temem, ou chegam próximo à certeza, de que, assim que muitos ingressarem no sistema, as "facilidades" (que facilidades mesmo?) tenderão a desaparecer.

Eu me arrependi, vou cancelar tudo e partir para a criação de uma empresa...


......
Web Statistics