TV por assinatura via satélite ultrapassa a TV a cabo


A base de assinantes do serviço de TV por assinatura via satélite ultrapassou a TV por cabo, informou nesta quinta-feira (26/05) a Anatel. A primeira é responsável por 49,2% das assinaturas – ante 39,1% do primeiro trimestre de 2010 – enquanto que a segunda caiu de 56,5% para 48,1%.

2,625 milhões de novas assinaturas em um ano.

A instituição divulgou também o número total de assinantes no Brasil. Segundo a Anatel, 10,7 milhões de domicílios contam com o serviço, o que representa – levando em conta a quantidade média de moradores por casa estimada pelo IBGE  – 35,2 milhões de pessoas – 18% da população nacional.

Em um ano, o crescimento da base de assinantes de TV paga foi de 32,7%. Já  na comparação entre abril e março deste ano a alta foi de 2,3% - acréscimo de 238 mil usuários.

Em termos absolutos, a região que mais contribuiu para a marca foi o sudeste, que, em doze meses, viu o número de clientes (domicílios) aumentar em 1,6 milhão, atingindo 6,930 milhões. Quanto ao crescimento percentual, no entanto, destaque para o Nordeste, cujo índice ficou em 57,2% - saiu de 708 mil assinantes em abril do ano passado para 1,11 milhão este ano. O crescimento na região Norte foi de 48,1% - de 260 mil para 385 mil.

Dos dez Estados com maior ganho percentual em número de assinantes, cinco são do nordeste, quatro do norte e um do centro-oeste (Mato Grosso). Ainda assim, disparidade entre as regiões continua significativa. Estima-se que 26,3% dos cidadãos do sudeste tenham acesso à TV por assinatura. O índice, no entanto, cai para 7,1% no caso do nordeste.

O que impressiona também é a diferença da situação de Brasília para os Estados que a contornam. A capital do País tem índice de 33,9% - à frente, inclusive de São Paulo, com 32,1% - mais que o dobro se comparado à média do centro-oeste (14,5%).

Nenhum comentário

......
Web Statistics