Myrian Rios: "Uma babá lésbica pode cometer pedofilia contra minhas filhas"


A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) disse, através de uma nota, que as afirmações da ex-atriz, integrante do movimento católico de renovação e deputada estadual Myrian Rios (PDT-RJ) sobre os gays são "equivocadas e irresponsáveis" e classificou o depoimento da parlamentar como "lamentável".

Em um discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), em 21 de junho, ela se posicionou contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acrescenta a orientação sexual às formas de discriminação puníveis no Estado e insinuou que uma babá gay poderia praticar pedofilia contra suas filhas.


"O direito que a babá tem de querer ser lésbica é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. 
Vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus até se ela não vai cometer pedofilia contra elas. E eu não vou poder fazer nada".

"Pior ainda foi a manipulação proposital e antiética da opinião pública por parte da deputada Myrian Rios em fazer uma associação direta, incorreta e perversa entre a homossexualidade e a pedofilia. Ora, tem sido comprovado cientificamente que a maior ocorrência de abuso sexual de crianças e adolescentes se dá pelos próprios pais e por figuras de autoridade que detêm a confiança dos mesmos", afirmou a entidade na nota.

Em um vídeo que foi postado na internet na última sexta-feira, a deputada afirma que não ser preconceituosa, mas argumenta: "Digamos que eu tenha duas meninas em casa e contrate uma babá que mostra que sua orientação sexual é ser lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso." 

Fica a pergunta: O que estamos fazendo com nossos votos?!

......
Web Statistics