A hipócrita Globo manda acabar com casal gay de "Insensato Coração"


No último sábado (16) o ator Rodrigo Andrade, o Eduardo de "Insensato Coração", escreveu em seu Twitter que não sabia porque suas cenas com Marcos Damigo, que vive Hugo, e Sueli Cardoso, que faz sua mãe na trama, estavam sendo cortadas.

As cenas que denunciam a homofobia no Brasil também serão eliminadas.

"Pessoal seguinte, eu não sei porque foram cortadas a cenas que fiz com o Marcos Damigo e com a Louise Cardoso. Não sabemos de nada que está acontecendo, não sabemos porque não foi ao ar!", postou Rodrigo.

Já nessa terça (19), a coluna "Outro Canal" do jornal Folha de S.Paulo revela que a TV Globo resolveu acabar com a história do casal gay na novela.

De acordo com a coluna, os autores Gilberto Braga e Ricardo Linhares foram chamados na semana passada para um conversa com Manoel Martins, diretor-geral de entretenimento da emissora.

O diretor teria determinado que a história que envolve o casal gay Eduardo e Hugo fosse esfriada.

Muitas cenas já gravadas serão cortadas da história. Além da trama que envolve o casal, as cenas que denunciam a homofobia no Brasil, como a dos ataques homofóbicos, também serão eliminadas. O beijo gay, então, está fora de cogitação.

As únicas cenas liberadas foram do personagem Roni, papel de Leonardo Miggiorin, já que fazem parte do núcleo de humor da novela. A Globo pediu aos autores que não polemizem o assunto, para que entidades não considerem os cortes como preconceito.
......
Web Statistics