Geleia de laranja caseira simples e deliciosa!


Adoro geleia de laranja.

Mas não gosto das industrializadas. Elas não têm sabor.

Primeiro, porque têm muito açúcar, e o açúcar anula o sabor dos alimentos, de um cafezinho a um doce de leite... tudo que vai muito açúcar é menos saboroso.

Depois, porque as geleias compradas são lotadas de aditivos, ficam meses em estoque...

Então, aprendi a fazer essa geleia de laranja, simples... que lendo a receita até parece que não vai ficar legal... Mas fica.

Deixo ela mais molinha, tipo um couli*, não apuro muito, assim ela fica mais cremosa e pode até ser usada na cobertura de bolos, sorvetes e onde mais você desejar.... pois fica muiiiito, mas muito saborosa.

*A palavra francesa couli origina-se do verbo couler que significa fluir em português. Um couli é uma mistura de fruta, açúcar e limão. Uma "quase geleia".

Vamos lá...

Ingredientes para a geleia de laranja

  • 5 laranjas médias bem maduras;
  • 1/2 kg de açúcar (cristal se possível);
  • 2 limões.

Como preparar


Pegue as laranjas e retire com uma faca todos as marcas escuras que elas tenhas nas cascas, manchinhas, cabinho...

Corte-as em rodelas de 1/2 centímetro mais ou menos, retirando todas as sementes. Todas. Se deixar uma única semente, nem que seja um pedacinho, sua geleia vai amargar.

Depois de retirar todas as sementes, você vai levar as fatias a um recipiente e cobri-las com água. 

Vai deixá-las assim por dois dias. Troque a água toda vez que se lembrar. Umas 6 vezes no mínimo.

Ao final desse período, escorra a água e bata as fatias no liquidificador.

Aí você escolhe se quer uma geleia mais fina ou com pedacinhos. Eu deixo pedacinhos pequenos.

Como após dois dias a laranja vai estar bem hidratada, não será necessário adicionar água para bater no liquidificador. No máximo será necessário picar alguns pedaços menores.

Despeje o conteúdo em uma panela com 1/2 kg de açúcar e leve ao fogo médio mexendo de vez em quando para não queimar.

Quando já tiver mais grossa, adicione o suco dos dois limões. Isso elevará o sabor e dará aquele brilho na sua geleia.



O ponto? Fica a seu critério. Como eu disse, eu prefiro a geleia mais cremosa, fica mais fácil de passar no pão, no queijo e ainda posso usar para cobrir um fantástico bolo de laranja, por exemplo.

Assim que ela ficar espessa, cremosa, você já pode começar a pensar em desligar o fogo. Deixe, no máximo, até ela começar a querer desgrudar do fundo da panela. Porque depois de fria ela ficará mais dura.

Após pronta, coloque-a morna em um vidro... Fica linda... amarelinha...

Ok? Experimente fazer... Pode ser até com aquelas laranjas que estão ficando velhas na fruteira, para não precisar jogá-las fora.



TICKKS.com
Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Basta clicar em um dos ícones acima. Gratidão.