Como abrir uma empresa?


Ser dono do próprio nariz no Brasil é especialmente complicado.

Com essa de MEI (Microempreendedor Individual) o governo está laçando muitos desavisados, com promessas descaradas de coisas que, na prática, não existem.

Crédito bancário para MEI? Piada. Ausência de custos? Piada também.

É muito mais interessante, abrir-se uma ME (Micro empresa). Consulte um escritório de contabilidade de sua confiança. Lembre bem.... de confiança!

Fuja das promessas. Recorra a profissionais de confiança.


Passos para abrir uma empresa

Primeiro passo

Definir a natureza comercial (Comércio, Indústria ou Prestação de Serviço).

Segundo passo

Verificar junto às Praças de Atendimento da Prefeitura Municipal, se o imóvel que será sede do empreendimento possui Certidão de Conclusão – Habite-se e Alvará de Uso do Solo, se existem pendências ou restrições que impeçam a constituição do empreendimento no endereço pretendido, especificamente se a atividade pretendida é compatível com a Lei de Zoneamento da Cidade.

Terceiro passo

Busca de nome empresarial idêntico ou semelhante.
Por lei, não pode haver duas empresas com nomes idênticos no mesmo ramo de atividade e dentro do mesmo Estado.

Quarto passo

Registro da Empresa e proteção ao nome empresarial.

Quinto passo

Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e Inscrição na Secretaria da Fazenda Estadual (IE).

Sexto passo


Inscrição Municipal - Todo empreendimento é obrigado a fazer a sua inscrição no município em que está estabelecido.

Sétimo passo

Inscrição na Previdência Social (INSS).  Todo empreendimento deve inscrever-se no INSS.

Oitavo passo

Alvarás e licenças - Alvará de funcionamento, declaração de funcionamento de atividade geradora de interferência no tráfego, licença sanitária e licença ambiental

Nono passo


Solicitação de autorização para impressão de documentos fiscais na agência de receita estadual.

Décimo passo

Inscrição na Caixa Econômica Federal. Para inscrição do empreendimento do FGTS, o responsável deve dirigir-se a uma unidade mais próxima da Caixa Econômica Federal com uma cópia dos atos de constituição do empreendimento (contrato social, estatuto, ata, CNPJ, etc.) e cópias autenticadas do RG e do CPF do responsável e fazer Conectividade Social.

Alguns destes passos podem em casos específicos ser desnecessários. Apenas seu contador poderá orientá-lo especificamente.

Apesar de parecer complicado, geralmente os escritórios de contabilidade fazem tudo. Você só precisa providenciar os documentos.

IKEOZZ
Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Basta clicar em um dos ícones acima. Gratidão.